Viajando no mundo da Imaginação!

Voltando no tempo, como era boa a vida de criança na década de 70!
A gente corria pelas ruas brincando de pega pega, polícia e ladrão, até altas horas da noite, sem medo de bandido, traficante e tanta coisa ruim que tem hoje em dia. Também jogava muito bola na rua. Em uma praça do lado da minha casa se reuniam mais de 30 crianças para brincar de bandeirinha. Pra quem não conhece essa brincadeira, era assim: a praça era dividida no meio e em cada lado tinha uma bandeirinha presa no chão; ficavam 15 garotos de cada lado em dois times diferentes; o objetivo do jogo era pegar a bandeirinha no campo inimigo e trazer para o seu campo e assim ganhar um ponto; quando um inimigo te tocava você tinha que ficar parado esperando que um companheiro seu te tocasse de volta para libertar você.

Eram horas e horas de brincadeira!

Nesta praça também tinha algo que marcaria muito a minha infância: a banca de jornal e revistas dos irmãos Renato e Juca. Quantos gibis, álbuns e figurinhas eu comprei nesta banca! Acho que o Renato não agüentava mais me ver perguntando se tinha chegado “aquele gibi” ou comprando pacotinhos de figurinhas para completar “aquele álbum” que fazia sucesso na época… rs

Quando acabava a brincadeira eu passava no bar do meu saudoso e amado pai Arentino, pegava um chocolate e quando chegava em casa cansado, tomava um banho e ia direto para meu quarto… e você sabe o que eu ia fazer?!! Adivinhou! Descarregava na minha cama um monte de gibis e escolhia alguns para ler. Como era gostoso entrar nas histórias e participar ativamente das aventuras!!!

A primeira revista em quadrinhos que li foi no ano de 1975. Num destes dias estava passeando com minha saudosa e amada mãe Conceição e minha irmã no centro de Santo André e passei em frente a uma banca de revistas usadas, a banca Mikey (isso mesmo, sem a letra c). Neste dia fiquei super feliz e meus olhos brilharam, pois minha mãezinha comprou uma meia dúzia de gibis usados. Um deles, o primeiro que li, era uma edição extra da Disney: MANCHA NEGRA EM A VOLTA AO MUNDO EM OITO MANCHAS, edição especial de Mickey nº 251 que foi publicada originalmente pela Editora Abril em setembro de 1973. Foi paixão a primeira vista pelos gibis… acredito que tenha lido esta revista mais de trinta vezes! Eu viajava pelo mundo da imaginação com o Mancha Negra, o Mickey e o Pateta nesta aventura em lugares com nomes muito loucos como: Ling, Ling Lé, El Arak, Buga Buga, Bengala, Copabacana, Pago não Pago, no Faroeste…

Mancha 1a (Copy) Mancha 1b (Copy) Mancha 1c (Copy) Mancha 1d (Copy)
MANCHA NEGRA EM A VOLTA AO MUNDO EM OITO MANCHAS
EDIÇÃO ESPECIAL DE MICKEY Nº251

Depois desta 1ª edição Extra Disney que li, veio outras com histórias maravilhosas, mas a série que mais marcou para mim foi com o Morcego Vermelho: Tio Patinhas é o dono do jornal A Patada, seus dois jornalistas são o Donald e o Peninha e sempre que ele chegava na redação os dois estavam dormindo; Tio Patinhas ficava furioso e eles eram demitidos. Numa destas situações eles vão atrás de uma boa reportagem para tentar recuperar o emprego e surge a chance em um baile à fantasia para a alta sociedade de Patópolis. Eles entram de penetra fantasiados na festa – a fantasia do Peninha é meio esquisita, um tipo de morcego – e eis que entram em cena também no baile os irmãos Metralha para roubarem as madames e os ricaços presentes. Ao final da aventura, mesmo sem querer, o Peninha fantasiado acaba prendendo os Metralhas e recuperando o que foi roubado. Surge a lenda: Morcego Vermelho! Bandidos tremei, chegou o “terror dos malfeitores”!!!

Morcego 1a (Copy)Morcego 1b (Copy)Morcego 1c (Copy)
MORCEGO VERMELHO CAPA AMARELA
EDIÇÃO ESPECIAL DE MICKEY 247 – MAIO DE 1973


Morcego 2a (Copy) Morcego 2b (Copy) Morcego 2c (Copy)
MORCEGO VERMELHO CAPA AZUL
EDIÇÃO ESPECIAL DE MICKEY 254 – DEZEMBRO DE 1973


Morcego 3a (Copy)Morcego 3b (Copy)
MORCEGO VERMELHO DE PATINS
EDIÇÃO ESPECIAL DE MICKEY 260 – JUNHO DE 1974


Morcego 4a (Copy)Morcego 4b (Copy)
Morcego 4c (Copy)
OS DOZE TRABALHOS DO MORCEGO VERMELHO
EDIÇÃO ESPECIAL DE ALMANAQUE DISNEY 63 – AGOSTO DE 1976


Depois veio Zorro, Superpateta, Professor Pardal, Esquálidus, entre outras Edições Extras Disney. Todas elas eu lia muitas e muitas vezes também e a cada nova leitura tinha uma nova interpretação das histórias, exercitando minha imaginação!

Agora eu vejo claramente como os gibis me direcionaram a ter uma boa leitura e com isso me ajudavam a tirar boas notas na escola nas provas de Português e de Redação. Lendo gibis também se aprendia Geografia, História Geral e até Matemática!

Como era gostoso participar das aventuras entre mocinhos e bandidos, Morcego Vermelho e o Mickey contra os irmãos Metralha, João Bafo de Onça e Mancha Negra, o Tio Patinhas contra a Maga Patalógika e os Metralhas, o Professor Pardal contra o Professor Gavião, etc… O interessante de tudo isso era se apaixonar também pelos vilões, vilões que faziam o mal, mas ao mesmo tempo não tinham maldade nenhuma. Não sei bem como explicar, era uma sensação diferente, pois ao final de cada história a gente aprendia uma nova lição de vida, pois o bem sempre vencia, ensinando naturalmente para as crianças que elas deveriam sempre praticar o que era correto. Aliás, bem diferente de hoje em dia, onde fazer o bem para as pessoas e fazer a coisa certa está fora de moda; o que vale atualmente é se dar bem, mesmo que prejudicando ao próximo. Realmente uma pena.

Abaixo estão mais algumas destas revistas Edição Extra Disney que marcaram positivamente toda uma geração de crianças, que naquela época não tinham Internet, vídeo game, computadores, mas tinham algo muito mais importante: os gibis e a imaginação ajudando a desenvolver a sua criatividade!!!


Pateta 1a (Copy)Pateta 1b (Copy)
Edição extra nº Nº 1 – PATETA OLÍMPICO
EDIÇÃO ESPECIAL DE MICKEY 238 – AGOSTO DE 1972


Mancha 2a (Copy)Mancha 2b (Copy)Mancha 2c (Copy)
MANCHA NEGRA E A MÁQUINA DO TEMPO
EDIÇÃO ESPECIAL DE MICKEY 263 – SETEMBRO DE 1974


Mancha 3a (Copy)Mancha 3b (Copy)
Mancha 3c (Copy)
Mancha 3d (Copy)
MANCHA NEGRA NO ESPAÇO
EDIÇÃO ESPECIAL DE ALMANAQUE DISNEY 51 – AGOSTO DE 1975


Zorro 1a (Copy)Zorro 1b (Copy)
Zorro 1c (Copy)
ZORRO CAPA AMARELA
EDIÇÃO ESPECIAL DE MICKEY 259 – MAIO DE 1974


Zorro 2a (Copy)Zorro 2b (Copy)
ZORRO CAPA VERMELHA
EDIÇÃO ESPECIAL DE MICKEY 261 – JULHO DE 1974


Zorro 3a (Copy)Zorro 3b (Copy)
Zorro 3c (Copy)
ZORRO CAPA AMARELA NO DUELO
EDIÇÃO ESPECIAL DE ALMANAQUE DISNEY 48 – MAIO DE 1975


Superpateta 1a (Copy)Superpateta 1b (Copy)
SUPERPATETA NO MUNDO SUBTERRÂNEO
EDIÇÃO ESPECIAL DE ALMANAQUE DISNEY 55 – DEZEMBRO DE 1975


Esqualidus 1a (Copy)Esqualidus 1b (Copy)
ESQUÁLIDUS
EDIÇÃO ESPECIAL DE ALMANAQUE DISNEY 53 – OUTUBRO DE 1975


Pardal 1a (Copy)Pardal 1b (Copy)
PROFESSOR PARDAL NA ATLÂNTIDA
EDIÇÃO ESPECIAL DE ALMANAQUE DISNEY 67 – DEZEMBRO DE 1976


Mobidique 1a (Copy)Mobidique 1b (Copy)
CAPITÃO MOBIDIQUE
EDIÇÃO ESPECIAL DE ALMANAQUE DISNEY 59 – ABRIL DE 1976



Robin 1a (Copy)Robin 1b (Copy)
ROBIN HOOD
EDIÇÃO ESPECIAL DE ALMANAQUE DISNEY 43 – DEZEMBRO DE 1974


Observação: As edições extras Disney começaram com o nº 1, Pateta Olímpico, de agosto de 1972 e terminaram com o nº 211, Acampando com os Escoteiros Mirins, de Dezembro 1993. Ao todo foram 160 números, sendo que até a edição extra Clube do Mickey, de novembro de 1978, não constava o número na capa – eram edições especiais da revista Mickey e da revista Almanaque Disney. A partir de dezembro de 1978, com a edição extra dos Escoteiros Mirins, passou a exibir a numeração na capa, que se iniciou com o nº 90 e foi até o nº 211, o último da coleção.
nº 89 nº 90 nº 211

SEMPRE QUE POSSÍVEL EMPRESTE, DOE, PRESENTEIE OU ATÉ MESMO LEIA UM GIBI PARA UMA CRIANÇA, QUEM SABE NÃO DESPERTE NELA OS MESMOS BONS SENTIMENTOS QUE GUARDAMOS ATÉ HOJE EM NOSSAS VIDAS E AJUDE A MANTER VIVA ESTA CHAMA DAS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS PARA AS NOVAS GERAÇÕES!!!


Adriano Rainho
Prezo a amizade, a honestidade e o senso de justiça entre as pessoas!!!
Aprendi com meu herói dos quadrinhos Tex Willer!

5 comentários em “Viajando no mundo da Imaginação!

  1. Bacana demais meu amigo Adriano! Te confesso que viajei para a minha época de criança lendo seu texto. Vivemos uma época maravilhosa onde a nossa imaginação reinava lendo gibis e livros fantásticos. Adorava Disney e tive todas estas edições citadas, depois veio a época dos heróis com a Ebal, RGE, Vecchi e outras mais. Sempre procuro compartilhar com meus filhos e netos este período de minha vida. Grande abraço a você e que continue trazendo sempre boas lembranças a todos nós!!

    1. Isso mesmo amigo David! É muito bom falar da desta época mágica, legal saber que você está passando para seus filhos e netos toda esta nostalgia, estas coisas boas entram na gente quando criança e vão até o fim de nossas vidas, Viva as Histórias em Quadrinhos!

    1. Somente a partir do nº 90 a Editora Abril passou a exibir a numeração na capa, antes disso as edições extra da disney vinham identificadas como edições especiais das revistas Mickey e Almanaque Disney da Época. Tenho esta coleção completa com as cento e sessenta edições e quase tudo que saiu da Disney nos anos 30, 40, 50, 60, 70 e 80, por isso posso confirmar a existência de apenas estas 160 edições, o critério usado pela Editora Abril precisa ser pesquisado na própria editora, estarei entrando em contato com ela para tirarmos estas dúvidas por completo. Obrigado!

Deixe uma resposta