Projetos que merecem o seu apoio!

Desde 2010, com o sucesso de Achados e Perdidos, de Eduardo Damasceno e Luís Felipe Garrocho no financiamento coletivo, o crowdfunding tem conquistado vários autores, sejam eles iniciantes ou já velhos conhecidos do público e mostrado um novo caminho para a produção e publicação dos quadrinhos. E, em ano de FIQ – Feira Internacional de Quadrinhos de Belo Horizonte e CCXP – Comic Con Experience, os sites de financiamentos coletivos lotam de projetos mirando os eventos para os seus lançamentos oficiais.

Eis uma pequena lista de campanhas de projetos aguardando serem financiados para ganharem vida e contarem suas histórias!

30FUuiHiq2UHX2V93mtqdV3N-TeFt9ZUwz_Cg50fMk40S982zjsa0L56D24JXUcQSSNxsg=s2048

Barão Macaco

A vida nas grandes metrópoles é violenta, e o crime é um dos negócios mais lucrativos neste ambiente. Traficantes como Massa e Zen são considerados reis em seus territórios. Mas algo está mudando. Dinheiro está sumindo e pessoas-chaves estão morrendo. E isso está ligado a uma figura estranha com cara de macaco que aparece em todas as cenas de crimes. Agora, a jornalista Renata tentará investigar o que pode ser o grande furo da sua carreira, mas que pode acabar com a sua vida. Uma HQ noir tropical, Barão Macaco é escrita por Hector Lima, com arte de Milton Sobreiro.

Aqui a página do projeto.

vLyKMrXmW3N0xSYs4tP2-7kNkx8RBbgzMvfo3BP7jjQyzLPzD1Ww37JfoMHvRfmzmBP38w=s2048Zumbi, Guerreiro dos Palmares

Com roteiro de Carlos Ferreira e arte de Moacir Martins, a dupla está produzindo uma graphic novel sobre o Zumbi dos Palmares, escravo fugitivo e último líder do maior dos quilombos do período colonial do Brasil, morto em 1695. Resultado de uma extensa pesquisa histórica, eles cobrem 200 anos da história do Quilombo dos Palmares, desde sua ascensão até a queda. “Rompendo com a cortina de esquecimento imposta pela narrativa oficial da história do Brasil, reconstituímos, recriamos e imaginamos, essa que é uma das passagens mais importantes e ignoradas da nossa história”, afirma Moacir.

Aqui a página do projeto.

XTS2HIcU6eXw6MdEU6JkJXEjaFaGvP2Ly0AeP6MVeCgQBjcWIj5LK4LwtR5j-waqXxc2LQ=s2048

Sanitário #3

Para fechar a trilogia iniciada em 2012, com a publicação da primeira revista Sanitário (e a número dois em 2013), o coletivo WC volta a prancheta para fechar o trabalho em grande estilo. Nessa última edição, os ex-integrantes do coletivo voltam e trazem duas novas inovações: fazer uma publicação colorida e abrir espaço para os demais quadrinistas do estado da Paraíba.

Aqui a página do projeto.

nadaSupernada

SUPERNADA, escrita e arte-finalizada por Raphael Mortari e ilustrada por Daniel Sanchez, é uma metáfora sobre a visão dos valores pessoais e a influência da sociedade sobre o indivíduo. Uma história sobre todos nós. A história de um sujeito infectado pela doença da rotina.

Aqui a página do projeto.

xSD2h7h2Tbphp0Uaro1-2Nm3-2TdwSs8MUsvV-BnSDmjwD_Wo1NiTbqMd3pX5pyl_Qj_ig=s2048

321: Fast Comics – Vol. 2

O primeiro volume de 321: Fast Comics, idealizado por Felipe Cagno e que já fez um grande sucesso em 2014, volta em seu segundo volume para desafiar novos artistas brasileiros (e alguns internacionais) a produzirem histórias com os seguintes requisitos:

· 3 Páginas
· 2 Personagens
· 1 Final Surpreendente

O segundo volume terá mais histórias, mais páginas e mais artistas. Um prato cheio para quem gosta de uma boa coletânea de histórias!

Aqui a página do projeto.

EzcxLkJd0ZFDUDgUdP2cVERXsiP2ICeZb4cdMY9Ekrd75CLKwPxqzb5I7GICa0KPKSsSFQ=s2048

O Gabinete do Dr. Caligari

O autor Victor Moura se propôs a adaptar para os quadrinhos o filme “O Gabinete do Dr. Caligari”, um grande clássico do Cinema Expressionista Alemão e uma das mais importantes obras do cinema mundial. A ideia do projeto é trazer de volta a atmosfera do filme para uma nova mídia, com nova linguagem. Assim, o público que já conhece e gosta da obra original poderá desfrutá-la novamente com um novo olhar. E, ao mesmo tempo, o filme será apresentado à um novo público, não familiarizado com o cinema mudo, mas que gosta da estética. Todo o projeto foi feito respeitando a obra original em seus aspectos narrativos e visuais.

Aqui a página do projeto.

g2ajWoun_UrxIHTcWb9C2ess7p_tD1BiRzrFDtPQIUDILwcP83sNtNU_cW89Vx9St9Tb6w=s2048

Jackpot

Um mundo onde o absurdo é normal e o anormal é comum.
Quando um dado é jogado, a sorte está lançada e tudo pode acontecer. Cada tentativa, um novo mundo; cada escolha, um universo de possibilidades. JackPot é um desses mundos. Um reflexo do mundo real, mas sob um outro ponto de vista, mais surreal, baseado naquelas típicas maluquices que a gente costuma pensar em momentos de ócio, como pensar se o xampu ficará chateado de você trocá-lo por outra marca. Em JackPot, estes pensamentos bizarros são a realidade do dia a dia.

Aqui a página do projeto.

CbINPHFQRrNNDIjil6ui2i7cARBb7bBBgm1YbCYU1Pf068CSuVyVe0Od5_VQqbzM62cVgg=s2048

A Samurai

Oito quadrinistas incríveis reunidos para contar a história de uma gueixa que não medirá esforços para encontrar sua família. A história da roteirista Mylle Silva se passa no Japão, meados do período Edo. O país era governado pelos daimyos (senhores feudais) que eram defendidos por fiéis samurais. Nesse contexto, as mulheres eram seres submissos que aceitavam serem tratadas como inferiores sem poder questionar. Exceto Michiko. Ainda recém-nascida, ela foi deixada no okiya, a casa das gueixas, para ser doutrinada como uma delas, mas, mesmo parecendo ter aceitado sua condição, ela alimenta o desejo de encontrar sua família e viver uma vida normal. Para tanto, Michiko decide mudar o seu destino e se torna uma samurai que não mede esforços para atingir seus objetivos e lutará até o fim para realizar os seus sonhos.

Aqui a página do projeto.

L-8boEyL-yGOU_6-eieI7OPrLuNg5O3ipmjktdxel58UaK_4_gnnKrCv-Ex3LHUZMR1D6g=s2048

Pétalas

Durante um rigoroso inverno surge um estranho que irá mudar a vida de uma família de raposas em um conto repleto de magia e generosidade. Pétalas é um conto fechado que mostra a jornada de três personagens durante um inverno cruel. Quando Raposinha e seu avô estão sofrendo para sobreviver no inverno, eis que surge um estranho pássaro que mudará suas vidas para sempre. Com roteiro e arte de Gustavo Borges e cores de Cris Peter.

Aqui a página do projeto.

_2AqfVdGUZ5K2PMIhzXs0TXA4yE5OeVTCB69PmiF6tCszljgY1b6shVcOXIm3Sx_pquaWQ=s2048

Kematians – O Livro

Com roteiro e arte de Erike Miranda, Kematians conta a jornada de Baru em busca de sua Estrela perdida. O objetivo da história é passear sobre os Arcanos Maiores do Tarot e fazer uma pequena reunião de simbolismos e conceitos iniciáticos do ocultismo.

Aqui a página do projeto.

 


Alan Guedes
Um leitor que acredita que as histórias vão além dos seus quadrinhos.

Deixe uma resposta