O dono do anel de Barry

colunista_PeterMihajlovicBom, amigos, creio que toda primeira coluna tem aquele momento de apresentação do colunista, mas prefiro contar o porquê do nome da coluna: em algum dia entre o final de 1979 e início de 1980, antes mesmo de eu ser alfabetizado, minha mãe comprou para mim aquele gibi que simboliza o primeiro de minha coleção, ainda que eu certamente já tivesse tido outros, mas este é o que eu de fato lembro, e era um legítimo american comic book!

bb 151Fazia à época judô em uma academia da rua Augusta em São Paulo-SP chamada Judô Ono, perto da rua Estados Unidos, onde hoje funciona o Ballet Stagium. No corredorzinho de entrada do prédio tinha um jornaleiro que vendia jornais, gibis e revistas expostas em uma prateleira fixa na parede. Não me lembro se foi na ida ou volta da aula de judô, mas ao ver aquela fantástica capa de “Brave and Bold 151” do mestre Jim Aparo, algum tipo de atração especial eu tive pela mesma. Talvez fosse influência do desenho dos SuperAmigos que passava na TV ou do seriado clássico de anuncio lina carterBatman de Adam West, exibido à época no programa Globinho, mas isso não importa, pois aquela capa dividida em dois com uma cena com Batman entrando pela janela em um covil de mafiosos enquanto o Flash usava uma esteira para voltar no tempo me chamou a atenção como nada anteriormente!

Comprei a revista – minha mãe sempre facilitou minha vida com coisas que fossem “culturais e artísticas” – e dentro, além dos desenhos de Aparo afiadíssimos, ainda tinha outras coisas incríveis como um anúncio com uma foto superman sgto rock anuncioda Linda “Mulher-Maravilha” Carter; uma capa de um gibi do Sargento Rock com Superman saindo da terra furioso, lembrando que o filme de Christopher Reeve já era uma realidade naquele momento para a criançada, além de um anúncio de um gibi com a Batgirl, personagem que adorava toda vez que aparecia em episódios da série de TV.

Mas, entre tantas coisas legais, ali havia um pequeno detalhe que para mim fez eu gostar mais ainda daquele incrível gibi: o quadrinho do momento em que Barry Allen usava seu anel para vestir seu uniforme de Flash.

A cena, como podem ver na imagem, faz qualquer menino de 06 anos viajar em sua imaginação: imagine ter um anel onde basta abri-lo, e – PUM! – sai um uniforme incrível para você viver suas aventuras?! A imagem é icônica para mim, e em homenagem a ela, batizo esta coluna de “O Anel de Barry”.

cena anel barry allen

Por fim, lembro que era uma criança à época, ainda em processo de alfabetização, e mesmo assim, a sequência de imagens dos quadrinhos já me dava um prazer de “lê-los”, coisa que depois descobri também ser prazerosa, pois tive a sorte de ser alfabetizado por uma Cartilha da Mônica, mas isso a gente conta em outra coluna….

cartilha monica

colunista_PeterMihajlovic
Peter Mihajlovic
Perde mulheres, bens, até amigos, mas sempre fiel à sua coleção de gibis(…)!”

3 comentários em “O dono do anel de Barry

Deixe uma resposta