Lançamento de O Judoka, por FHAF, no MIS

colunista_MarcosMassoliniO lançamento do livro O Judoka, por FHAF, organizado pelo jornalista Francisco Ucha, rolou no dia 29/11 no MIS (Museu da Imagem e do Som) em São Paulo e foi uma grande celebração! A obra resgata as histórias geniais criadas e desenhadas por FHAF (Floriano Hermeto de Almeida Filho), perdidas desde os anos 70.

Franco de Rosa, eu, Francisco Ucha e FHAF

Preparado como um evento paralelo à mega exposição Quadrinhos, com curadoria do Ivan Freitas da Costa (vejam mais sobre a exposição aqui mesmo), o lançamento seria precedido por um bate papo com o organizador Francisco Ucha, o jornalista e editor Franco de Rosa, eu, o jornalista Paulo Gustavo Pereira, o publicitário e artista Luiz Saidenberg e o próprio FHAF, vindo diretamente do Rio (de ônibus) com sua esposa.

Mas por conta do tempo chuvoso, que fez com que o público atrasasse, o evento acabou sendo transferido do anfiteatro para a entrada do museu, onde já havia uma mesa com os livros e seus respectivos brindes dispostos para autógrafos.

A mudança acabou deixando a noite menos formal e mais prazerosa, pois os amigos foram chegando aos poucos e os papos, fotos e autógrafos acabaram simultâneos.

Milagrosamente cheguei com minha esposa e filhos antes do horário previsto. Aproveitamos para tirar fotos em frente ao painel gigantesco da fachada de entrada, com personagens importantes dos quadrinhos em todos os tempos (tem até Sobrinhos do Capitão!).

Saidenberg avisou que não viria por causa de um resfriado intermitente e o Paulo Gustavo se atrasou em outro evento. Franco de Rosa chegou mais tarde, quando o hall de entrada já contava com a presença dos colecionadores Marcus Santana, Tony Martins, o “caçador de relíquias” Celso Comic Hunter, entre outros, além de uma divertida e entusiasmada roda com Henrique de Farias (arte finalista que trabalhou na EBAL e chegou a colaborar em alguns números de O Judoka), Volney Faustini, e o advogado e verdadeira “enciclopédia” em assuntos ligados à televisão e rádio, Fabio Siqueira. O Ivan Freitas da Costa, curador da exposição Quadrinhos e idealizador da CCXP, aproveitou para prosear um pouco com os presentes e autografar seu exemplar. FHAF e sua esposa Maria Carmen, estavam radiantes e o casal Francisco Ucha e Luciana Lanzillo também.

E não era para menos: a noite foi inesquecível e emocionante, principalmente porque não é praxe no Brasil se homenagear um grande artista em vida. Valeu muito!

Henrique de Farias, um amigo colecionador, Fabio Siqueira, FHAF, Maria Carmen, Volney Faustini, Francisco Ucha, Luciana Lazillo e Franco de Rosa

Em tempo: o livro O Judoka, por FHAF, com organização e edição de Francisco Ucha, capa de Toni Rodrigues e pesquisa/revisão minha pode ser encontrado para venda nos sites:

 

COLECIONADOR VENDE TUDO
bit.ly/2zaNvKB

 

AMAZON
https://amzn.to/2Bp8omz

 

 

colunista_MarcosMassolini
Marcos Massolini

Colecionador pra valer desde 1978. Acompanha com gosto a movimentação atual mas seu hobby ainda é caçar raridades em prateleiras empoeiradas de sebos.

Deixe uma resposta